Secretário de Pernambuco foi eleito por unanimidade. Entidade é responsável pela representação política das secretarias estaduais

Durante Assembleia para a eleição da nova diretoria do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), realizada de forma virtual na tarde desta quarta-feira (24/03), o secretário de Pernambuco, André Longo, foi reconduzido, por unanimidade, ao cargo de vice-presidente do órgão para a região Nordeste. A eleição também reconduziu Carlos Lula, secretário do Maranhão, como presidente da entidade.

 “Fico honrado em ser reconduzido por aclamação, ao lado do Presidente Carlos Lula, para mais uma vez compor a diretoria do Conass. Neste momento de agravamento da Pandemia no país, o Conselho tem desempenhado papel fundamental para dar unidade no enfrentamento à Covid-19 entre os Estados. Temos defendido, a partir do amplo diálogo interno, a necessidade de senso de urgência no enfrentamento a este difícil momento, com o resgate de uma coordenação nacional à crise sanitária, sempre respeitando as esferas de pactuação do SUS. Também precisamos de um amplo processo de comunicação com a sociedade, que massifique os cuidados necessários neste momento de pandemia, e a aceleração do processo de aquisição de vacinas”, destacou André Longo.

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde congrega os Secretários de Estado da Saúde dos 27 Estados e do Distrito Federal com o objetivo de fortalecer as secretarias estaduais de saúde, torná-las mais participativas na construção do setor saúde e representá-las politicamente.

PUBLICIDADE