Especialista orienta população sobre os cuidados de prevenção contra câncer gástrico

Comemorado nesta quarta-feira (7), o dia Mundial da Saúde traz consigo o papel de orientar a população sobre os mais diversos tipos de doença que elevam o nível de mortalidade em todo o mundo. Entre os problemas mais recorrentes na saúde global ainda está o câncer, também conhecido por Neoplasia.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), o câncer é um tumor maligno que se divide de maneira desorganizada e descontrolada. Devido à impossibilidade do organismo controlá-lo, o câncer pode invadir tecidos e órgãos próximo e pode se espalhar pela corrente sanguínea e/ou pelo sistema linfático para outros órgãos próximos ou mesmo distantes. É possível prevenir até 30% dos casos de câncer com estratégias adequadas e cada vez são mais os pacientes com câncer que podem ser tratados de maneira efetiva e curados. Entre os tipos de Neoplasia mais comuns, está o câncer gástrico (câncer no estômago).

Câncer no estômago

O câncer de estômago também é chamado de câncer gástrico. O tipo adenocarcinoma é responsável por cerca de 95% dos casos de tumor do estômago. Outros tipos de tumores, como linfomas e sarcomas, também podem ocorrer no estômago. As principais causas desse tipo da doença são o consumo de carnes processadas e alimentos embutidos, como presunto, salsicha, bacon, mortadela, linguiça, salame, peito de peru podem aumentar a chance de desenvolver câncer, alerta o gastroenterologista Carlos Bouçanova.

Outra causa é a infecção pela bactéria denominada H. pylori, encontrada em cerca de 70% das pessoas, sendo que em apenas algumas pessoas a bactéria pode causar alteração na mucosa (camada que reveste o estômago), as quais podem evoluir para câncer.

Sinais e Sintomas do Câncer de estômago

• Diminuição do apetite e perda de peso

• Desconforto ou azia ou dor no abdômen (barriga)

• Náuseas e vômito

• Sensação de estômago repleto (cheio)

• Dor contínua.

• Massa ou tumor palpável no abdômen superior

Diagnóstico

A endoscopia é o melhor método para estabelecer o diagnóstico de câncer do estômago. Este exame permite a visualização do tumor e a realização de biópsia. Ainda segundo o gastroenterologista Carlos bouçanova, caso a doença seja identificada existem 4 tipos de tratamento: cirurgia, quimioterapia, radioterapia, terapia biológica.

Se você sentir qualquer sintoma acima que possa ser característico do câncer, não perca tempo, procure um gastroenterologista e previna-se. Maiores dúvidas entre em contato: Endogastro fica localizado no Empresarial Difusora em Caruaru – Telefone 81 – 3719-4330.

Comentários