Excluído por Miguel, Raffiê declara apoio a Marília

Para quem acompanha a política de Caruaru, sabe que o candidato a deputado estadual, Raffiê Dellon (UB), foi o primeiro a levantar a bandeira do até então pré-candidato ao Governo do Estado e ex-prefeito de Petrolina, Miguel Coelho. Montando agenda, encontros e visitas. Acontece que toda essa movimentação inicial, realizada lá atrás no início da campanha, de acordo com integrantes da Coordenação da campanha de Raffiê, não foi recíproca, pelo contrário, fontes ouvidas pelo blog afirmam que Miguel tentou prejudicar de todas as formas a campanha de Raffiê.

Em um dos episódios, de acordo com a mesma fonte, numa reunião que tentava acalmar os ânimos para organizar a campanha em Caruaru, Raffiê expressou que não tinha mais motivação nenhuma para defender o candidato ao Governo do Estado, levando em conta que nenhum dos compromissos firmados foram cumpridos pela majoritária. Foi aí que Miguel ameaçou retirar a candidatura de Raffiê para deputado estadual, caso ele não fizesse campanha casada com a majoritária. Integrantes da Coordenação da campanha de Raffiê observaram esse comportamento de Miguel como a gota d’água para qualquer tipo de diálogo.

Raffiê sempre teve uma relação muito estreita com o deputado federal André de Paula (PSD), que é o candidato ao Senado na chapa de Marília Arraes (SDD). A base partidária da candidatura de Marília, assim como o PSD, o Agir 36 e o próprio Solidariedade, partido de Marília foram legendas que apoiaram a candidatura de Raffiê a Prefeitura de Caruaru em 2020. Nesta quinta-feira, Raffiê reuniu a imprensa de Caruaru e Região em um Café da Cidade, num evento bem prestigiado para confirmar aquilo que já vinha se desenhando, o apoio a candidatura de Marília. E o mais interessante é que todas as movimentações foram alinhadas com o Diretório Nacional e Estadual do União Brasil. Marília ganha um importante reforço na reta final da campanha na Capital do Agreste.

PUBLICIDADE