As medidas adotadas pelo Governo de Pernambuco estão em vigor até o dia 13 de junho, e têm o objetivo de conter o avanço da Covid-19 na região, principalmente os casos graves da doença. Segundo o Secretário Estadual de Saúde, André Longo, no Agreste houve uma desaceleração dos casos, mas ainda não foi suficiente para desafogar as unidades de saúde.

Apenas os serviços essenciais poderão funcionar nas 53 cidades que fazem parte da IV e V da Gerência Regional de Saúde (Geres) que têm como cidades polo Caruaru e Garanhuns.

As medidas adotadas pelo Governo de Pernambuco estão em vigor até o dia 13 de junho, e têm o objetivo de conter o avanço da Covid-19 na região, principalmente os casos graves da doença. Segundo o Secretário Estadual de Saúde, André Longo, no Agreste houve uma desaceleração dos casos, mas ainda não foi suficiente para desafogar as unidades de saúde.

Confira as cidades que entrarão em quarentena mais rígida:

IV Geres:
Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim , Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Felix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Uma, São Caetano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes.

V Geres:
Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçados, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmerina, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha.

PUBLICIDADE